Pas si simple


Algunas veces soy la laguna quieta
Algunas otras el crepúsculo seco
Pero la mayoría soy desierto,
deseo
…y tempestad

Estranha, caminho entre meus sentimentos confusos, ora, um lago calmo e silencioso, outra revolto com a tempestade cinza que o cobre de súbito. Quase o tempo todo sou tempestade. Efusiva, intensa. Me escondo dos outros e de mim mesma no meio da ventania e dos pingos grossos e fortes que richocheteiam gelados em minha face.

Às vezes é como uma paixão, outras, como carinho e algumas outras só tesão… De repente, se transforma em algo como possessividade, suaviza para saudade ou vira desprezo e raiva.

E a intensidade com que me surpreende, ora como uma tormenta terrível ou como uma ventania que precede uma tempestade, ora como uma garoa chata e insistente, que em silêncio me atormenta sem cessar, é algo impressionante.
Não quero lidar com essa tempestade de sentimentos. A aproximação traz as ventanias de volta – o que eu não quero.

Somatizo a tempestade, respiro.

Pas si simple.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: